Ficha Técnica
© 2007 RTP / RTP & RDP AÇores
Diretor: António Maurício de Sousa; Sub-Diretor: Sidónio Bettencourt – Chefe do Gabinete Multimédia Açores: Luciano Barcelos - Desenvolvimento: Gabinete Multimédia
Contactos
Domingo, 26 de Outubro de 2014
Pesquisa na RTP Açores - Informação e Desporto

Comentadores /
Cláudia Cardoso

Saber vender-se

Publicado: 2014-10-23 15:24:53 | Actualizado: 2014-10-23 15:24:53
Por: RTP Açores
Saber vender-se


O destino Açores tem tido sucesso com estratégias de implementação no exterior que fazem deste, hoje, um destino apelativo. Porém, as velocidades de venda de cada uma das parcelas do arquipélago não tem sido iguais. A ilha de São Miguel vende-se por razões com as quais as outras dificilmente podem competir. Os Açores devem valer pela sua diversidade que é notória, e que implica usar estratégias de venda diversas. Que atendam à especificidade de cada uma, tornando-a imprescindível no todo. Se a Terceira vender a paisagem natural dificilmente pode competir com São Miguel ou com as Flores, se vender o mar como atrativo concorre com o Faial ou o Pico que tem um know-how maior. O que verdadeiramente interessa é apostar na singularidade. No caso da Terceira destaca-se o património edificado, a cidade património mundial, e o pendor cultural. Na ilha nasceram e viveram vultos destacados da cultura e da literatura portuguesas. Os turistas não sabem disso, alguns locais também não. É necessário criar um verdadeiro roteiro capaz de captar turistas. Muitas cidades europeias capitalizam os seus escritores ou personalidades. Dublin com Joyce, Praga com Kafka, Amsterdão com Anne Frank. Um roteiro consistente que integre os seus lugares, os percursos, criando museus dedicados, com aproveitamento de espaços existentes é o que falta. Vitorino Nemésio, Almeida Garrett, Fernando Pessoa, e tantos outros. Tudo isto integrado com o papel da ilha em momentos decisivos da história nacional. Não basta ao património existir, inanimado e solene. É preciso criar interesse. Empolá-lo, com merchandising específico, animação turística adequada e a funcionar em rede. Há potencial turístico adormecido na bruma açoriana. Falta implementar uma acção estruturada que deixe uma marca indelével em quem nos visita. Apostando no regresso destes, mas sobretudo na impressão positiva que cada turista satisfeito deixará naqueles que há-de aconselhar a visitarem os Açores.

claudia.cardoso9@gmail.com

 
Cláudia Cardoso Cláudia Cardoso

Deputada regional, Cláudia Cardoso é cronista da imprensa açoriana e da RDP.

A sua escrita escorreita e realista cativa o leitor.

2014-10-23 15:24:53 Cláudia Cardoso Saber vender-se
2014-10-16 15:19:14 Cláudia Cardoso O susto global
2014-10-09 15:31:00 Cláudia Cardoso A respiração da República
2014-10-03 09:57:38 Cláudia Cardoso Os desmemoriados
2014-09-25 16:07:22 Cláudia Cardoso Sem desculpa
2014-09-18 16:23:56 Cláudia Cardoso O recomeço
2014-09-11 17:16:56 Cláudia Cardoso A golpada
2014-07-31 13:15:25 Cláudia Cardoso A invencibilidade
2014-07-24 15:49:25 Cláudia Cardoso Altos voos
2014-07-17 12:29:16 Cláudia Cardoso Piscar os olhos
2014-07-10 17:16:03 Cláudia Cardoso Matar o futuro
2014-06-26 15:49:13 Cláudia Cardoso São as Joaninas
2014-06-19 16:12:15 Cláudia Cardoso Enovelados
2014-06-12 21:12:37 Cláudia Cardoso O desmaio
2014-06-05 15:19:39 Cláudia Cardoso A aclaração
2014-05-29 15:29:56 Cláudia Cardoso Chama o António
2014-05-22 13:02:16 Cláudia Cardoso Estar a marimbar-se
2014-05-15 15:36:42 Cláudia Cardoso Os (im)prestáveis
2014-05-08 16:59:39 Cláudia Cardoso A limpeza
2014-04-30 16:18:01 Cláudia Cardoso O poder da palavra